Rastreio por FIT

O cancro colorretal (CCR) é um dos cancros mais frequentemente diagnosticados. As boas notícias são que a incidência e a mortalidade do CCR podem ser significativamente reduzidas em caso de deteção precoce.

Os testes imuno-histoquímicos fecais (faecal immunochemical tests, FIT) são não invasivos e podem detetar sangue invisível a olho nu nas fezes. Dada a sua simplicidade, os FIT são atualmente considerados a melhor opção não invasiva para rastreio do CCR.

Invista um bocadinho de tempo na sua própria saúde realizando o FIT para prevenir ou detetar precocemente o cancro do cólon. Para mais informação, visite a nossa página de internet “FIT no rastreio” www.fitscreening.eu/patients

Calendário Científico 2018 - Julho

Qual a diferença entre os procedimentos de lise e coloração de leucócitos nos canais WDF e WPC? O reagente de lise do canal WPC apresenta um efeito superior sobre os lípidos da membrana. O tempo de incubação do surfactante é mais longo, o reagente de fluorescência possui uma concentração de polimetina superior e o ADN do núcleo é marcado no canal WPC.
O reagente de lise do canal WDF apresenta um efeito superior sobre os lípidos da membrana. O tempo de incubação do surfactante é mais longo, o reagente de fluorescência possui uma concentração de polimetina superior e o ADN do núcleo é marcado no canal WDF.
O reagente de lise do canal WPC apresenta um efeito superior sobre os lípidos da membrana. O tempo de incubação do surfactante é mais longo, o reagente de fluorescência possui uma concentração de polimetina inferior e o ARN do citoplasma é marcado no canal WPC.
O reagente de lise do canal WDF apresenta um efeito superior sobre os lípidos da membrana. O tempo de incubação do surfactante é mais curto, o reagente de fluorescência possui uma concentração de polimetina superior e o ADN do núcleo é marcado no canal WDF.

Informação científica de suporte

A combinação dos canais de análise WDF e WPC através da utilização de citometria de fluxo com fluorescência num único analisador permite-nos detetar de forma sensível e específica células reativas e malignas. Tal é possível tirando partido das diferenças na funcionalidade dos diferentes leucócitos.

No canal diferencial dos leucócitos (WDF, white blood cell differential), a marcação com o fluorocromo depende da composição da membrana e do conteúdo citoplasmático dos leucócitos. A composição da membrana lipídica das células ativadas ou imaturas é diferente da observada em células não reativas e maduras. A combinação única de reagentes (lise e marcação) e do tempo de incubação permite a separação de diferentes populações celulares. Em primeiro lugar, o reagente de lise perfura as membranas celulares, dependendo a extensão dos danos da sua composição lipídica o que, por sua vez, depende do tipo de célula (nível de maturidade) e do estado da célula (estado de ativação). Seguidamente, o marcador fluorocrómico marca principalmente o ARN no citoplasma. A intensidade do sinal fluorescente resultante depende do grau de perfuração da membrana (composição lipídica) e da quantidade total de ARN no citoplasma. A informação sobre a composição da membrana e ARN citoplasmático (fluorescência), volume celular (dispersão frontal) e estrutura intracelular (dispersão lateral) é analisada através de algoritmos patenteados que permitem a deteção sensível de células reativas, imaturas ou patológicas presentes numa amostra de sangue.

O reagente de lise do canal WPC apresenta um efeito superior sobre membrana lipídica devido à presença de um surfactante diferente e a um período de incubação mais longo, em comparação com o canal WDF. Para além disso, o reagente fluorescente apresenta uma concentração de polimetina superior e, como tal, o ADN do núcleo é marcado. A presença das chamadas “jangadas lipídicas” constitui um exemplo de como a composição da membrana lipídica é afetada pela funcionalidade ou estado de ativação da célula. As jangadas lipídicas são microdomínios ricos em colesterol e glicoesfingolípidos presentes nas membranas celulares plasmáticas, que desempenham um papel importante no tráfego proteico e na sinalização celular. As jangadas lipídicas encontram-se mais ordenadas e próximas que a bicamada da membrana circundante, mas circulam de forma livre nesta bicamada. Foram descritos valores elevados destas jangadas lipídicas na membrana celular de células mais ativas em termos de comunicação extracelular (por exemplo, em células malignas e células maduras ativadas), em comparação com células maduras em repouso e células imaturas (2-3).

A maior permeabilização de alguns tipos celulares, tais como linfócitos anormais, conduz à perda citoplasmática e um tamanho celular reduzido (sinal de dispersão frontal). Assim, enquanto o canal WDF sugere principalmente atividade citoplasmática, o canal WPC deteta células anormais através da composição da sua membrana, conduzindo a diferenças no tamanho (encolhimento de alguns tipos celulares) e maior acesso ao conteúdo de ADN, o qual é marcado de forma mais intensa.

Através da combinação de ambos os canais – e do conjunto dos seus reagentes e condições de reação – a sensibilidade e a especificidade para a deteção de células reativas e malignas são otimizadas.

Referências

  1. Kawauchi S et al. (2014): Comparison of the Leukocyte Differentiation Scattergrams Between the XN-Series and the XE-Series of Hematology Analyzers. Sysmex Journal International Vol.24 No.1.
  2. Tuosto L et al. (2001): Organization of plasma membrane functional rafts upon T cell activation. Eur J Immunol. 31(2): 345 – 9.
  3. Li YC et al. (2006): Elevated Levels of Cholesterol-Rich Lipid Rafts in Cancer Cells Are Correlated with Apoptosis Sensitivity Induced by Cholesterol-Depleting Agents. Am J Pathol. 168(4): 1107 – 18.
  4. Kawauchi S et al. (2013): The Position of Normal Leukocytes on the Scattergram of the Newly Developed Abnormal Cell-detection Channel of the XN-Series Multi-parameter Automated Hematology Analyzers. Sysmex Journal International Vol.23 No.1.

Calendário Científico 2018

Growing your knowledge
Visite a nossa Academia
Aumente o seu conhecimento
Desfrute do nosso centro multimédia
Tudo
  • Tudo
  • Documentos
  • Podcast
  • Imagens
  • Vídeos
Veja o vídeo
Consulte a nossa coleção